EN PT

12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos

A Mostra Cinema e Direitos Humanos é uma iniciativa de promoção da cultura e da educação em direitos humanos que visa a formação de uma nova mentalidade coletiva para o exercício da solidariedade e do respeito às diversidades.

A Mostra dedica-se a apresentar obras audiovisuais que discutem temas atuais de Direitos Humanos.

Realizada pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e com produção do Instituto Cultura em Movimento, o circuito principal da 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos aconteceu em 2018 em todas as capitais do país, e em 2019 está sendo realizada em espaços culturais pelo Brasil e exterior, assumindo um caráter descentralizador e democrático por meio do Circuito Difusão.

Em Florianópolis, a professora de cinema Ally Collaço está organizando sessões entre setembro e novembro de 2019 em diferentes locais, sendo O sítio, um dos espaços parceiros exibidores de algumas das obras da curadoria da Mostra.

No dia 15/10, terça-feira, serão exibidos os documentários em curta-metragem “Era um garoto que como eu amava os Beatles e os Rolling Stones” com direção coletiva (2018), abordando os direitos das pessoas com necessidades especiais, além do curta “Nós” de Thiago Simas (2017) sobre os direitos dos refugiados e questões ligadas à imigração.

Já no dia 19/11, terça-feira, teremos a exibição dos documentários em curta-metragem “À espera” de Nivaldo Vasconcelos e Sônia André (2016), sobre os direitos das crianças e das mulheres, e “A rua é nóiz” de Eduardo Cunha Souza e Pedro Cela (2018), que discute a inclusão cultural e social na periferia.

As duas sessões contarão com a presença da convidada especial, Michele Moraes, professora de história, para mediar alguns aspectos relacionados aos direitos humanos.

Convidada especial: Michele Moraes – Mestra em Ensino de História (UFSC), com ênfase no uso da música no ensino de história. Bacharel e Licenciada em História (UFSC). Professora da rede básica há 9 anos. Feminista. Mãe solo de gêmeas. Apaixonada por música, cinema e história.

Organização: Ally Collaço – Doutoranda em Educação (UFSC) e Bacharel em Cinema (UFSC). Professora de cinema há 12 anos, entusiasta na aproximação do cinema com a educação, através de oficinas, sessões ao ar livre, cineclubes e projetos sociais e culturais. Já atuou na TV UFSC, Cinemateca catarinense, Ministério Público de SC, SESC, Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis e em projetos sociais promovidos pela Fundação Franklin Cascaes e Prefeitura Municipal de Florianópolis.

Sinopses dos curtas:
“Era um garoto que como eu amava os Beatles e os Rolling Stones” com direção coletiva (2018)
Documentário, 25´, 14 anos, Brasil

Sinopse: Com duração de 25 minutos, a obra foi produzida por Elias Norberto da Silva e Sandro Livramento, e coordenada pela cineasta Rosana Cacciatore Silveira. O tema central do documentário é a inclusão. Os protagonistas são três jovens com deficiência — um com paralisia cerebral e outros dois com autismo. A história conta o encontro dos personagens com a música, que acaba servindo como uma forma de expressão e interação social.
Trailer: não encontrado.

“Nós” de Thiago Simas (2017) Documentário, 6’, Livre, Brasil
Sinopse: O filme mostra a trajetória cíclica dos refugiados através dos tempos, uma reedição de acontecimentos passados.
Trailer: não encontrado.

“À espera” de Nivaldo Vasconcelos e Sônia André (2016) Documentário, 22´, Livre, Moçambique
Sinopse: O filme foi gravado na província de Niassa, em abril de 2016 e será um instrumento social de luta contra os casamentos prematuros que roubam a infância, interrompem a educação e colocam em risco a saúde de crianças naquela parcela do país, contribuindo para a pobreza e imobilidade social dessas meninas.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=Nnf6izR12gI&feature=youtu.be

12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos
Exibição de Documentários em curta-metragens
Data: 15/10 e 19/11
Horário: 19h30
Organização: Ally Collaço
Entrada franca

Realização: O Sítio Arte e Tecnologia e Ally Collaço

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *