Fora do Sítio: Banco Mural com Kaue Costa

Data
24/03/18
Onde
O Sítio
Mais detalhes

DEIXE SEU COMENTÁRIO...

SOBRE O EVENTO

Fora do Sítio

Banco Mural

Local: Jardim Botânico Florianópolis, Rod. Admar Gonzaga, 890 – Itacorubi
Data: 24.03
Horário: 14h às 18h

Em comemoração ao aniversário de Florianópolis, no dia 23 de março, o Banco Mural irá inaugurar, no dia 24.03, uma nova arte no Jardim Botânico de Florianópolis e convidamos você a ir prestigiar!

Sobre o banco:

O Banco Mural é uma instalação interativa e temporária, que une arte e mobiliário urbano em um espaço público.
Os bancos possuem dois painéis para intervenção de artistas visuais e grafiteiros e serão articulados para girar em 360°. A ideia é que as imagens possam dialogar umas com as outras simultaneamente e interagir com o público.
O Banco Mural é um novo espaço de arte e convívio a céu aberto, que terá sua arte modificada constantemente. O móvel foi concebido como uma “tela” a ser pintada regularmente por artistas visuais que apresentem projeto através de uma convocatória sob a curadoria do O Sítio. As pinturas serão modificadas, a cada três meses, no início de cada estação climática do ano. As primeiras pinturas, são do artista João Aires, mentor do projeto.

Conceito da intervenção:

Ouroboros
Lambe lambe de instalação entre a arte e a tecnologia

Na instalação Ouroboros, de autoria de Kaue Costa, o visitante é imerso em um ambiente digital que é alterado pelo seu movimento e postura do corpo. Nele, o expectador é convidado a mover-se a fim de criar uma nova paisagem gerada a partir do movimento no espaço expositivo.

Esta instalação conta com 4 momentos chave: em um primeiro momento, uma trama é apresentada. Nela, o visitante define, a partir do seu movimento, a posição de seus relevos digitais. Em um segundo momento, seu corpo e movimento definem as posições dos relevos criados. No terceiro momento, o espectador se movimenta dentro da paisagem criada digitalmente e, em um quarto e último momento, o espectador vê a paisagem que criou. A experiência completa levará cerca de 4 minutos.

Com uma estética bem resolvida e bela, a rede tramas azul celeste contrasta com o fundo negro e profundo. Vivenciar esta instalação é uma experiência muito rica em todos os níveis além da sonoplastia gerada por cada momento da obra. Somos levados a sensação de ser parte integrante da obra, visto que ela não acontece sem a presença do visitante, sendo ele responsável por criar novas paisagens, sempre diferentes. Tudo isto é possível a partir da monitorização de câmaras de profundidade que permitem a navegação pelo cenário.
Ouroboros é de fato uma metáfora sobre os tempos modernos e representa os ciclos de retro-alimentação de entrada e saída de dados. Questionando sobre a atual questão do uso de dados pessoais a partir de outputs de dados nas redes sociais e outro tipo de sites para modelar consensos, controlar comportamentos, controversas, vender produtos, entre outras aplicações, simular situações, direcionar, – através de informações retiradas das pessoas – , modelar e controlar toda uma sociedade.

Da mesma forma, Ouroboros registra todos os movimentos do visitante e usa suas coordenadas para se retro-alimentar e simular novas paisagens através de algoritmos.

Currículo do artista:

Artista Audiovisual e Designer de Interação, Kaue Costa desenvolve projetos audiovisuais reativos e instalação interativas desde 2004. Pesquisador multidisciplinar de tecnologias criativas e desenvolvedor de suas próprias ferramentas e softwares para realizar suas experiências audiovisuais. Trabalha cooperando com parceiros em diversos países, sobretudo em projetos audiovisuais que envolvam design generativo, visualização de informação e interação natural.

Concepção do projeto:

João Aires
Coordenador cultural do O Sítio, Mestre em Artes Visuais pela Universidade Federal da Bahia (2011). Graduado em Artes Plásticas e Intermédia pela Escola Superior Artística do Porto (2008) Especializado em Arte Pública e site Specific, pela Universidade Lusófona do Porto (2009). Foi Professor-assistente na área de impressão em Gravura, Litografia, Serigrafia na Escola Superior Artística do Porto. É professor efetivo de Arquitetura na Universidade Estácio de Sá. Expõem seu trabalho artístico regularmente. Viveu em diferentes cidades da Europa onde desenvolveu vários tipos de projetos de arte pública e exposições entre outras atividades.
Curriculo lattes: http://lattes.cnpq.br/1216986621506120

Desenvolvimento técnico:

JA8
A JA8, sob o comando da arquiteta Juliana Castro, atua desde o ano 2000
criando projetos para empreendimentos imobiliários, espaços públicos como praças e parques, revitalizações urbanas, ambientes comerciais e residências. A visão integrada das informações permite perceber e incluir vários temas aos projetos que concebem ampliando os efeitos das propostas.

Concepção: João Aires
Intervenção de: Kaue Costa
Desenvolvimento técnico do produto: JA8 Arquitetura e Paisagem
Realização: O Sítio Arte, Educação e Coworking – em parceria com o Ipuf, Comcap- Florianópolis

Gratuito
Visitação:
Quinta a domingo: 7h30 às 18h
(Horário de verão: 7h30 às 19h)

  • João Aires – Curadoria e produção

    João Aires

    João Aires é coordenador cultural do Sítio. Mestre em Artes Visuais pela Universidade Federal da Bahia (2011), graduou-se em Artes Plásticas...

    CONHEÇA MAIS
  • Kaue Costa

    Artista Audiovisual e Designer de Interação, Kaue Costa desenvolve projetos audiovisuais reativos e instalação interativas desde 2004....

    CONHEÇA MAIS