Regina_Parra

Regina Parra

1981, São Paulo, SP

Vive e trabalha em São Paulo.

Mestre em Teoria e Crítica da Arte pela Faculdade Santa Marcelina (orientação Lisette Lagnado) e bacharel em Artes Visuais pela Faap. Nos últimos anos realizou exposições individuais na Galeria Millan, São Paulo, SP (2016), Pivô, São Paulo, SP (2014), Galeria Effearte, Milão, Itália (2012), Centro Cultural São Paulo, SP (2011), Galeria Leme, São Paulo, SP (2011 e 2009), Fundação Joaquim Nabuco, Recife, PE (2010) e Paço das Artes, São Paulo, SP (2009).

Entre as coletivas, destacam-se Brasile: il coltello nella carne, curadoria de Jacopo Crivelli Visconti, no PAC_Padiglione d’Arte Contemporanea, Milão; Sights and Sounds, curadoria de Luiza Proença e Jens Hoffmann, no The Jewish Museum, Nova York; FUSO – Festival Internacional de Video Arte, curadoria Lisette Lagnado, Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa; Say the Same Thing, curadoria de Giovanna Bragaglia e Miwa Negoro, OnCurating Project Space, Zurique; CPR Film Festival Argentina, curadoria Tainá Azeredo, Buenos Aires; Emergência, curadoria Moacir dos Anjos, Galpão Bela Maré, Rio de Janeiro; Totemonumento, curadoria Isabella Rjeille, na Galeria Leme; Arquitetura e Paisagem Urbana, curadoria Cauê Alves, MuBE; O espírito de cada época, curadoria Rejane Cintrão, Instituto Figueiredo Ferraz, Ribeirão Preto; Encruzilhada, curadoria Bernardo Mosqueira, Parque Lage, Rio de Janeiro; Frestas_I Trienal de Artes, curadoria Josué Mattos, Sesc Sorocaba; Cães sem Plumas, curadoria de Moacir dos Anjos no Museu de Arte Moderna de Recife; Rumos Artes Visuais, curadoria de Agnaldo Farias no Itaú Cultural; 17o Festival Internacional de Arte Contemporânea SESC_Videobrasil, curadoria de Solange Farkas no SESC Belenzinho; Suspicious Minds, curadoria de Cristina Ricupero na Galeria Vermelho; A Carta da Jamaica, curadoria de Alfons Hug no Oi Futuro do Rio de Janeiro, Rice and Beans, curadoria de Jacopo Crivelli no Studio Trendy em Miami, À Sombra do Futuro, curadoria de Luiza Proença no Instituto Cervantes, e Grupo 2000e8, curadoria de Paulo Pasta no SESC Pinheiros.

Em 2017, foi contemplada com o Prêmio de Residência Artística da Sp-Arte. Em 2012 recebeu o Prêmio de Videoarte da Fundação Joaquim Nabuco e foi indicada ao Prêmio de Artistas Emergentes da Fundação Cisneros. Recebeu também o I Prêmio Ateliê Aberto Videobrasil (2011), Prêmio Destaque da Bolsa Iberê Camargo (2009) e o Primeiro Prêmio da Anual de Artes da Faap (2006).

Sua obra faz parte do acervo de instituições como Pinacoteca de São Paulo, Instituto Figueiredo Ferraz, VideoBrasil, entre outras.

MEUS próximos eventos

MEUS artigos

  • entre_margens_regina_parra

    *Entrevista realizada originalmente em formato vídeo. Regina, você poderia se apresentar um pouco? F...

    Entrevista com Regina Par...